Sobre escravidão, ‘presentão’ e condenação

🍯 #MelComPimenta 🌶

BOA NOTÍCIA: Operação resgata 10 trabalhadores em situação análoga à escravidão em restaurante

Dez trabalhadores vivendo em condições análogas à escravidão foram resgatados em uma operação conjunta do Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ), da Superintendência Regional do Trabalho e da entidade Cáritas.

Oriundos das cidades Ararendá, Martinópole, Bela Cruz, no Estado do Ceará, os trabalhadores estavam vivendo em péssimas condições em um alojamento improvisado, localizado na sobreloja do Restaurante Imperial, no Centro carioca.

O local era composto de três andares, todos acessados por escadas em péssimo estado de conservação. Os alojamentos eram separados por divisórias improvisadas, haviam infiltrações com goteiras, inclusive, sobre as camas e redes nas quais os trabalhadores dormiam.

Eles relataram conviver com ratos e baratas, sob forte calor e com luminosidade precária. O espaço não possuía ventilação natural, havia fiação elétrica desprotegida e ausência de extintores de incêndio.

Como se vê, não faltam escravocratas à solta. É por isso que os trabalhadores precisam de seus sindicatos e de uma boa legislação a protegê-los. A luta por dias melhores e por uma sociedade mais justa tem que ser contínua.

MÁ NOTÍCIA: No centésimo dia, governo autoriza mais 31 agrotóxicos; metade deles, ‘extremamente tóxicos’

Segundo publicou o site De Olho Nos Ruralistas, “apenas um dia após a ministra Tereza Cristina afirmar, perante a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento da Câmara, que ‘não existe liberação geral’ de agrotóxicos em sua pasta, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) lançou um novo ato concedendo novos registros de pesticidas. Publicado nesta quarta-feira (10) no Diário Oficial da União, o Ato nº 24 autorizou mais 31 produtos, totalizando 152 agrotóxicos liberados nos primeiros cem dias do governo Bolsonaro”.

E nós nos perguntamos: como tamanha insanidade é permitida? Parece que se estabeleceu um governo de loucos, dementes, pirados e desumanos, querendo fazer de nossa alimentação uma fonte de venenos a produzir as mais terríveis enfermidades.

JUSTIÇA DESALMADA: Como vivem os familiares do Lula? Vale a pena clicar neste link da Carta Capital, embora doa na gente ler/saber de tudo isso.

AINDA NÃO APRENDEU: Danilo Gentili é condenado a seis meses de prisão por injúria

De acordo com a Revista Fórum, “o apresentador e ‘humorista’ Danilo Gentili foi condenado, ontem (10), a seis meses e 28 dias de detenção em regime semi-aberto pelo crime de injúria contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS). A decisão é da juíza Maria Isabel do Prado, da 5ª Vara Federal Criminal de São Paulo”.

“A condenação se deu pelo fato de Gentili, em 2016, ter injuriado a parlamentar ao gravar um vídeo, em 2017, em que aparece rasgando e esfregando nas partes íntimas uma notificação extrajudicial da Câmara dos Deputados, enviada a pedido de Rosário, que solicitava que ele retirasse de suas redes sociais postagens ofensivas à parlamentar”, complementa a matéria.

Pelo mesmo motivo, o apresentador já havia sido condenado, no ano passado, pela Justiça do Rio Grande do Sul, a indenizar Maria do Rosário em R$ 50 mil. Pelo jeito, esse apresentador, de linguagem chula e desrespeitosa, ainda não aprendeu a lição. E a Maria do Rosário parece ser a vítima preferida desse tipo de gente. Que pena!

👨‍🏫 #VereadorProfPeSergio

Related posts

Leave a Comment