Profº Pe. Sergio propõe criação do programa ‘Criança Matriculada, Árvore Plantada’

O vereador Professor Padre Sergio (PT) protocolou na secretaria da Câmara de Americana um projeto de lei em que propõe a criação do programa “Criança Matriculada, Árvore Plantada” na rede municipal de ensino.

De acordo com a proposta, para cada aluno matriculado no primeiro ano do Ensino Fundamental de escolas da cidade, será plantada uma muda de espécie arbórea ornamental ou frutífera em local apropriado.

O objetivo da propositura, segundo o autor, é criar mecanismos de fomento à educação e preservação ambiental no município. “A medida busca chamar a atenção para problemas relacionados à natureza. É importante que o cidadão participe também do desenvolvimento sustentável, pois se sabe da eficiência da climatização do natural do espaço urbano”, expõe.

O projeto estipula que as mudas deverão ser adquiridas no Viveiro Municipal de Americana, que as distribui gratuitamente, sendo plantada preferencialmente pelo aluno e próximo a instituição de ensino onde ele foi matriculado, observadas as regras de urbanismo da legislação vigente. Cada estudante participante receberá o certificado “Criança Amiga da Natureza”, contendo os dados do plantio.

Segundo o autor, “além de promover a educação ambiental, a propositura tem o objetivo de mitigar o problema da degradação da natureza causada pelo desmatamento indiscriminado. A proposta é um ponto de partida para garantir melhor qualidade de vida aos cidadãos, já que cada árvore com idade média e 30 anos possui capacidade de reter seis quilos de gás carbônico por ano, o que ajuda a equilibrar o ambiente e ameniza problema respiratórios”.

“Estamos todos tristes com as queimadas registradas na Amazônia. Infelizmente, não podemos ajudar no combate às chamas que têm devastado a maior floresta tropical do mundo. Contudo, a proposição de leis como esta, que incentivam o plantio de árvores e colaboram com a conservação do meio ambiente, podem ajudar – na medida das nossas possibilidades – a mitigar os impactos da degradação da natureza que temos visto no Brasil neste ano”, acrescenta Pe. Sergio.

O projeto será encaminhado às comissões pertinentes e, não havendo impedimento legal para sua tramitação, será discutido e votado pelos vereadores em plenário, durante sessão ordinária.

Related posts

Leave a Comment