Profº Pe. Sergio participa de reunião do Conselho Fiscal do Consórcio PCJ

O vereador Professor Padre Sergio (PT) participou na quinta-feira (5) de reunião do Conselho Fiscal do Consórcio PCJ (Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí), em Rio Claro, que debateu a ameaça que árvores do tipo leucena representam para a biodiversidade das matas ciliares nas bacias PCJ e a utilização de piscinões ecológicos como alternativa para o incremento na disponibilidade hídrica da região.

A leucena invade os mais variados tipos de ambientes e ecossistemas, sendo bastante preocupante sua capacidade de se estabelecer e dominar rapidamente áreas da Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica. Nesses locais, a leucena forma verdadeiros “desertos verdes”. Ela impede que a riqueza e diversidade vegetal da área se restabeleçam e consequentemente de toda a vida animal que depende dessas plantas como fonte de alimento, abrigo e refúgio, comprometendo assim, todos os processos ecológicos naturais.

Já os piscinões ecológicos são construídos em áreas livres que permitam a percolação da água no solo e tem como principal finalidade promover a redução das ondas de pico da drenagem urbana, durante as fortes precipitações no período chuvoso, garantindo a retenção das águas e minimizando os efeitos das enchentes, ao mesmo tempo em que promovem a recarga do lençol freático, atuando como uma “grande bacia de retenção”.

Padre Sergio, que é o representante da Câmara Municipal de Americana no Consórcio PCJ, atuando como agente de interlocução da sub-bacia do Ribeirão Quilombo, avaliou o encontro como positivo. “Essa reunião foi importante para apresentarmos a situação de Americana em relação à proliferação em excesso das leucenas, além da necessidade de instalarmos bacias de retenção de água na zona rural do município e construirmos piscinões ecológicos em suas áreas urbanas”, explicou.

Segundo o vereador, a reunião foi importante também para coletar subsídios para a atuação parlamentar voltada a políticas públicas sobre o tema. “A partir dos conhecimentos adquiridos por meio das palestras e contatos com vereadores de outras cidades que integram as bacias PCJ, devemos apresentar projetos de lei a respeito dos assuntos debatidos no encontro”, concluiu.

Related posts

Leave a Comment